Quais são as principais funções de um arquiteto

Quais são as principais funções de um arquiteto

A arquitetura é uma das áreas mais tradicionais do mundo, o primeiro registro profissional de uma atividade relacionada a essa área foi no Oriente Médio e norte da África por volta de 8.000 a.c, e com o passar dos anos ela só foi se popularizando cada vez mais e ganhando destaque dentro do nosso dia a dia. 

Atualmente, essa é uma das áreas mais cobiçadas pelos estudantes, principalmente aqueles que possuem um certo dom artístico ou gostam de desenhar, mas o problema é que, mesmo se interessando pela arquitetura, grande parte das pessoas não sabe ao certo, como ela funciona ou o que faz um arquiteto, chegando a confundir suas funções com as de um designer ou engenheiro.

Mas, assim como uma talha elétrica 1000kg, essa é uma área completa e extremamente funcional, e por mais que você trabalhe em conjunto com os outros dois que citamos acima, um arquiteto terá seu brilho próprio. 

Para você conhecer mais sobre essa que é uma das profissões mais procuradas pelos estudantes e saber se você quer seguir carreira, nós preparamos um texto falando sobre as principais funções de um arquiteto, bora conferir? Então vamos lá!

Afinal, o que faz um arquiteto?

O arquiteto é o profissional responsável pela criação de projetos para edifícios, estabelecimentos comerciais, casas e etc, realizando todo o planejamento interno e externo dos mais diferentes tipos de ambientes, equilibrando o conforto com uma ótima estética, além de adotar práticas sustentáveis. 

Dentro de uma obra, o arquiteto precisa se comunicar com diversas áreas diferentes, além de sempre buscar atender a demanda de seus clientes, sendo ele, o responsável por escolher os materiais que serão utilizados levando em consideração diversos fatores como a função do imóvel, ventilação, acústica, iluminação, impactos ambientais e por aí vai. 

Quais habilidades que o arquiteto deve ter?

Existem diversas competências que um arquiteto deve possuir ou desenvolver ainda mais durante o seu período de estudos, a principal delas é justamente saber desenhar ou ter facilidade com desenhos, o profissional não precisa ser um exímio ilustrador, mas deve saber passar as suas ideias e transmitir a mensagem da forma correta. 

Também é importante que um arquiteto possua facilidade com a matemática, equações, fórmulas e cálculos farão parte do seu cotidiano, também é necessário usar bem a sua criatividade, trabalhando com a criação, você precisa encontrar saídas e soluções inteligentes, se as estruturas metálicas não estão encaixando naquele local, é preciso ser criativo para reverter situações inesperadas.

Por fim, é sempre importante conhecer tendências e estar em atualizações constantes, ficando de olho no mercado que te cerca e quais podem ser as novas ferramentas usadas dentro deste ramo. 

Como é o seu dia a dia de trabalho?

O dia a dia de um arquiteto tende a ser bem agitado, são diversas as funções que ele pode realizar, como supervisionar e coordenar obras, elaborar orçamentos, realizar estudos de viabilidade técnica e sustentável, coletar dados,estudar, planejar e depois executar, ministrar treinamentos, prestar assistência técnica, assessoria e de consultoria para clientes.

Realizar vistoria, perícia, laudo, avaliação, monitoramento, auditoria e arbitragem, ser responsável pela execução, fiscalização e condução da obra e realizar o desenvolvimento, análise, experimentação, ensaio, padronização, controle de qualidade e mensuração. 

Vale ressaltar que não é o arquiteto que irá realizar todas essas atividades dentro de um só projeto, mas essas são as funções que ele pode exercer durante seu trabalho de acordo com a CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo). 

Como está o mercado de trabalho para um arquiteto?

A área de arquitetura é sempre muito movimentada, o mercado é bem concorrido principalmente nas áreas urbanas, grande parte dos arquitetos trabalham de forma autônoma, montando seu próprio escritório e fazendo parcerias com colegas de faculdade.

Por mais que o mercado esteja relativamente inflacionado, com a estabilização da pandemia, a parte de construção voltou a ter mais destaque, porém, um lado positivo é que o arquiteto possui inúmeras áreas e possibilidades de negócio, o que torna essa uma área extremamente flexível. 

O salário médio de um arquiteto no Brasil é de R$4.420,00 porém, os valores podem variar bastante, já que falamos de uma profissão quase que inteiramente autônoma, e que nem sempre os clientes são atraídos como um imã de ferrite, pode levar um tempo até conquistar novos trabalhos. 

Quais as principais áreas que um arquiteto pode atuar?

A arquitetura é uma área versátil com inúmeras opções mercadológicas, entre elas, podemos ressaltar o urbanismo, o paisagismo e ambientes, a restauração de edifícios,comunicação visual, acompanhamento e administração de obras, visualização arquitetônica em 3D, pesquisa, iluminação, desenho de mobiliário e especialista em BIM (Building Information Modeling). 

Essas são algumas das principais especialidades que um arquiteto pode ter para atuar em um mercado mais amplo e desempenhar suas principais funções. 

O que achou do texto de hoje? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares caso tenha gostado do conteúdo, até a próxima!

Bahia Decoração

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =